sexta-feira, 29 de março de 2013

Avaliação (Review) - GPS Magellan Explorist 110


Estava atrás de um GPS que fosse bom, barato e de preferência novo. Todos sabem que para esporte de aventura a única marca que existia no mercado, que de fato você podia confiar seria a Garmin.

Porém em minhas pesquisas es que eu descubro a marca Magellan. E no site do Mercado Livre aparece como sendo "melhor que garmin". Lógico que não posso acreditar que os vendedores dizem sobre o produto. Mas a oferta de um semi-novo de uma loja especializada em GPS de Belo Horizonte me chamou a atenção: R$ 265,00 (O preço dele normal em média está em R$ 600,00). Resolvi procurar várias avaliações, que vieram principalmente do exterior, devido ao pouco uso do mesmo aqui no Brasil. Aliás este deve ser o primeiro "review" aqui no Brasil deste produto. Pesquisa feita e não vi nenhuma queixa extraordinária sobre o produto. Somente de uma pessoa que o achou muito complexo, até aí para quem nunca pegou em um, tanto faz ser Magellan ou Garmin, e do seu joystick para navegar. Bons elogios em geral, principalmente com a sua precisão.

Comprei o produto, chegou no prazo marcado, e logo fui aos primeiros testes do mesmo. De fato o joystick dele é meio duro e sensível. Além de ser bem pequeno tem que manusear com os dois dedos, para não disparar a função. Os botões de função funcionam de forma correta e os menus são bens definidos. O meu primeiro teste foi na minha cidade. Antes de sair de casa queria confirmar um dos "reviews", que dizia que pegava sinal dentro de casa. E de fato ocorreu. Um satélite que ia e vinha, mas pegava. Andei um pouco pelas ruas com eles e sua taxa de precisão variava entre 08 e 16 metros, que me fez ficar preocupado a princípio, chegando a 6 metros as vezes quando parado. Mas eu moro bem no centro, e quando parei estava embaixo de uma marquise de um prédio, em uma rua pouco larga, e com varias casa do outro lado.

Até então não havia carregado nenhum mapa nele. Baixei o programa GPS TrackMaker, que é um dos mais conhecidos, e um monte de mapas da Serra dos Orgãos e da Floresta da Tijuca. Aí veio um outro problema causado com certeza pela minha falta de experiência, e também pela falta de informação que existe sobre o produto. Carreguei um dos mapas da trilha (15 Picos do Parque Nacional da Tijuca) no programa e exportei para o GPS, acreditando que o formato especificado (*.upt; *.log e *.rte) fosse o correto. pois aparecia para um GPS "Arquivo Magellan MMC", e era o único que tinha . Resultado: Só carregou os way points. Depois de horas tentando exportar as rotas para o formato do Magellan sem existo parti assim mesmo para a Floresta da Tijuca para fazer o teste final.

Na floresta da Tijuca, que é bem fechada teve um melhor desempenho. Andando sua precisão variava entre 6 a 12 metros. Parado ficava em 4 metros, mesmo cercado por árvores. Pelos relatos que tenho dos GPS da Garmin eles chega a 3 metros, mas com relação a isso já fiquei satisfeito.

Voltando a questão do mapa descobri no site internacional da Magellan, um programa próprio para os GPS da Magellan, o VP. Baixei o programa, configurando para o explorist 110 e aí apareceu outro problema. Ele não importa os arquivos do TrackMaker (formato *.gtm). Solução: Exportar no TrackMaker para o formato *.gpx e depois importar para o VP. Apertei o botão carregar e pronto. Lá estava os waypoints e rotas no GPS.

O Vp é uma mão na roda realmente. Carrega mapas da National Geografhic, coloca os arquivos que precisa nas devidas pastas do seu GPS automaticamente. Muito bom.

Aqui vai um resumo da avaliação, dando notas de 1 a 10:

Manuseio: 7 (Joystick atrapalha um pouco)
Menus: 9 (Possui em português e são bem organizados)
Sensibilidade: 10 (Pega até dentro de casa)
Precisão: 9 (Só perde para o Garmin)
Formato Físico: 8 (parece um celular "gordo")
Fonte de alimentação: 8 (2 Pilhas de Ion, recarregáveis ou alcalinas) Ainda não tive tempo de verificar se de fato ele aguenta até 18 horas de uso. Outra característica importante, é que ele pode "hibernar" para poupar energia, mas sem perder o rastreamento.
Atualização de Softwares: 10 (Com o uso do VP, ele procura sempre atualizações disponíveis).

Sites:

Magellan Brasil: http://br.magellangps.com/
Magellan Internacional: http://www.magellangps.com/
GPS TrackMaker: http://www.trackmaker.com/index.php?lang=port
VantagePoint (VP): http://www.magellangps.com/Maps/VantagePoint_Software
CPE Topografia (Loja de onde comprei pelo Mercado Livre): http://www.cpetecnologia.com.br/novo/

Qualquer dúvida comentem aqui.

Novas Mochilas Osprey - Linha Exos

As mochilas mais leves da Osprey Review by Arco e Flecha.