quarta-feira, 2 de outubro de 2013

Dicas: Barracas - Parte 2

Trilhas e Rumos - http://www.trilhaserumos.com.br

Os produtos desta empresa é o que tem de patamar mínimo se você deseja ter um equipamento com qualidade. Da cadeia das grandes marcas de qualidade esta empresa é a que possui preços mais em conta. E como tal não seria diferente com as suas barracas em matéria de qualidade.


  Lógico que quando a qualidade aumenta, e a resistência pluviométrica chega a barreira dos 2000 mm de coluna d'agua, que é excelente por sinal, o peso tende a aumenta em consequência disso. A barraca Super Esquilo, que é uma das mais vendidas por sinal, tem 3,8 kg. Entretanto consegue colocar até 3 pessoas dentro dela devido as suas dimensões.


   Representada no Brasil pela Nautika está linha de barracas é mais conhecida no exterior do que no Brasil. Possui um alto padrão de qualidade la´fora. Aqui parece que eles vendem os modelos mais frágeis com resistência de coluna d'água de 800 mm apenas. Lá no exterior eles se orgulham em vender equipamentos com o que eles chama de WeatherTec System Seus tecidos são voláteis e a prova d'água. Seus testes são feitos no chuveiro e em túnel de vento, assim como as barracas da Quechua. Não fornecem classificação de coluna d'água, mas garante a resistência das mesmas em condições adversas.


Ainda pesa contra ela aqui no Brasil, os seus sobre-tetos não serem totalmente extensivos até o chão, o que pode ser um problema como no modelo LX2 acima, que como podem ver se torna vulnerável se a chuva for de contra a entrada da barraca.

Na próxima postagem: Quechua, The North Face e uma marca brasileira muito boa e pouco conhecida dos brasileiros.

Novas Mochilas Osprey - Linha Exos

As mochilas mais leves da Osprey Review by Arco e Flecha.