domingo, 20 de novembro de 2016

Guia Básico para Iniciantes - Parte 2

Você começou a fazer trilha e gostou da coisa. Porém já deve ter notado ou até mesmo conversado, que existe equipamentos específicos para fazer trilha: Tênis ou botas, mochilas, calças, camisas, bastões, etc. Mas a pergunta que se faz é o seguinte. Por onde começar a investir? A minha resposta para esta pergunta segue a seguinte ordem de prioridade:

1) Tênis ou Bota
2) Mochila
3) Boné ou Chapéu
4) Bastões de Caminhada
5) Vestuário (Calças e camisas)

Notaram que eu não falei de Anorak (casacos de frio) ainda? Falarei dele quando chegarmos a parte de Trekking.

O tênis tem que ser o primeiro item a ser investido, pois é o equipamento mais usado por todos que praticam trilha. Ele se diferenciam por seu solado e pelas palmilhas mais confortáveis e anatômicas. O seu solado ou é cheio de travas ou "sucos" profundos. Geralmente são calçados de cor marrom, mas pode ser encontrado em outras cores, principalmente preta. A bota possui o cano (lugar por onde você coloca os pés) mais longo do que do tênis, e por isso maior proteção contra torções. Elas podem ser de cano curto ou de cano longo. Neste último caso estão enquadrados também os "cortumes" geralmente usados pro militares, pois oferecem proteção inclusive contra picadas de animais e insetos rastejantes. Ex: Serpentes.



A mochila é de grande importância também, pois é dentro dele que você coloca todos os seus itens, que você não veste ou que estão a mão. E isso pode acabar pesando, principalmente se você fizer uma trilha mais longa. Portanto ao adquirir uma nova mochila "de ataque" (Vai até 30 ou 40 l) verifique se tem três itens importantes:
  • Barrigueira: Que deve ser bem amarrada. Deve pressionar um pouco a barriga ao aperta-la. Isto para transferir o peso dela para as suas pernas.
  • Alça ajustável no peitoral: Ao contrário de que muitos pensam estas alças servem apenas para não deixar as alças da mochila frouxa e escapando dos seus ombros.
  • Encostado com espuma ou sistema similar: A maioria dos fabricantes de mochilas de trekking e hiking já adicionam isso. Melhora e muito o conforto das suas costas e evitam o incômodo da transpiração nela.
O ajuste da mochila é feita da seguinte maneira. Você afrouxa todas as correias, Ajusta primeiro a barrigueira, depois as laterais que passam pelo seu ombro, que não devem aperta-los, e por último o peitoral. Cada fabricante tem sua forma de ensinar este procedimento. Viste o site de cada um quando for comprar

E por falar em fabricante, verifique quem está produzindo o equipamento. Produtos muito barato, comprados em lojas de pechinchas, comércio popular, etc nem pensar. Marcas como Yins, Sport ou qualquer outra desconhecida desconsidere. Aqui vão algumas sugestões de marcas:

Marcas recomendáveis:
  • Nord
  • Trilhas e Rumos
  • Nautika (modelos novos)
  • Kailash
  • Curtlo
  • Quechua
  • Deuter
  • North Face
  • Thule



Boné e chapéu não tem muito que acrescentar. Apenas optem no caso dos bonés os de legionário, que protegem a nuca contar o sol e insetos. No caso de chapéu os de abas que circundam toda a cabeça para dar maior proteção ao sol.




Bastões de Caminhadas. Estas "bengalas" te auxiliam e muito na hora da caminhada. Podem tirar até 30% do peso da sua mochila, principalmente quando estiver usando uma "cargueira". Além de ajudar a te manter ereto na caminhada. Pode parecer bobagem, mas quem antes não usava e passou a usar sente bastante diferença.



Aprecie na hora de comprar suas calças (em nenhum momento falei short ou bermuda, perceberam?) com bolsos laterais chamadas de "Calças cargos" e de material bastante resistente. As calças tipo "Adidas" muito usado em academias não são recomendáveis pois rasgam fácil. Camisa de preferência Dry fit ou Dry sec (mesma coisa), pois apesar de absorver bastante a transpiração, deixando você encharcado de suor, elas secam na mesma velocidade, quando você não estiver caminhando. Alguns preferem de manga comprida, para dar proteção aos braços. Fica ao gosto de cada um.




Outros equipamentos não mencionados:

Perneiras. Servem para proteger a parte inferior das pernas contra picadas de animais rastejantes ou insetos. O de maior preocupação são as serpentes. O certo é usar em todas as trilhas que fizer, pois o risco sempre existe, mas costuma se usar em locais de grande incidência deste animal. Além de ser algo incômodo, a possibilidade de uma acidente são remotas. Como disse no capítulo anterior, Elas tem tanto medo de você, quanto você dela.

Meias: Quanto mais acolchoadas melhor. Prefira os modelos de lã, ou que venha com bastante algodão (acima de 80%).

No próximo tópico vamos falar sobre o guia. Aquele que pode te proporcionar uma grande aventura ou te colocar em uma furada.

domingo, 13 de novembro de 2016

Guia Básico para Iniciantes - Parte 1

Foto da minha primeira ida a Pedra do Sino em 2007

Nos últimos anos temos visto um novo "boom" de pessoas fazendo trilha. Na mesma leva tem surgido um monte de grupos de trilhas, promovendo e divulgando seus eventos. Sejam ela sem "fins lucrativos"ou de forma "comercial". E com isso problemas tem ocorrido, seja pela empolgação, por falta de senso do perigo ou até por mal preparo dos guias.

Devido a tudo isso, resolvi criar este post para orientar estes novatos, e comentar estes e outrso assuntos. Tenho experiência de décadas em trilhas, sou líder de um grupo de trilhas e participo de outros a mais de 10 anos. Por isso vou dar umas pequenas dicas para você que se já se iniciou ou pretende inciar:

1) Você realmente está motivado para isso? Muita gente faz pela "modinha" de fazer trilha. Pense bem. Geralmente requer esforço físico e constante. Apesar de você não correr, terá que andar bastante, Trilhas por mais leve que sejam levam pelo menos duas horas e muitas tem aclives (subidas), que causam um bom desgaste.

2) Vai começar agora? Nada de comprar equipamentos sofisticados. Vai que você não gosta da atividades e acaba investindo em equipamento a toa. Faça umas duas ou três dias e depois diga se gostou ou não.

3) Esteja preparado para os despropérios do tempo. Pode ser que o objetivo daquele mirante, cachoeira ou travessia seja frustado por uma chuva inesperada. Tenha sempre isso na sua mente e não fique frustado pro causa disso. O lugar que você vai não vai sair do lugar, e você poderá retornar em uma próxima vez ou refazê-lo novamente com um tempo melhor.

4) Leve um equipamento básico, que são:
  • Mochila
  • Saco de Lixo
  • Kit de Primeiros Socorros com os medicamentos que costuma usar
  • Lanterna
  • Apito (Ou se tiver um bom gogó use sua voz)
  • Cobertor de Emergência
  • Água e comida de acordo com a quantidade de horas que a trilha pede
  • Agasalho, capa de chuva, anorak ou outra cobertura para proteger da chuva
  • Chapéu ou Boné. Protege do Sol e de testada nos galhos
  • Repelente
  • Protetor Solar. Em caso de banhos de rios e cachoeiras evitar de usa-los
  • Outros itens que o guia relacionar
5) Não banque o guia. Você está começando. Não seja arrogante. Pode estar colocando a sua vida e dos demais em perigo.

6) Obedeça o seu guia.

7) Não faça trekking (trilhas com pernoite) ainda. Para esta atividade você precisa de bastante experiência, de equipamento mais elaborado e não de qualquer marca. Mas calma. Tem equipamentos com ótimo custo x benefício no mercado.

8) Sempre olhe onde pise e principalmente coloca a mão.

9) Serpentes é o menor dos seus problemas. Dificilmente terá acidentes com elas. Tem outros problemas que ocorrem durante uma trilha que vão além delas. Mas isto é assunto para outro tópico. Mas te digo uma coisa desde já. Elas tem tanto ou até mais medo, do que você delas.

Por enquanto é isso. No próximo post irei falar sobre o segundo passo. O começo da compra de equipamentos, tipos de trilhas e suas classificações. Como identificar um bom guia.

Novas Mochilas Osprey - Linha Exos

As mochilas mais leves da Osprey Review by Arco e Flecha.